4 reflexões sobre o atentado em paris

10/01/2015 15:19

Ronaldo Queiróz

O atentado contra o jornal francês Charlie Hebdo vitimando 12 pessoas foi ato de barbárie contra a liberdade de informação....Longe de estrondoso "choque de civilizações" corresponde ao fundamentalismo religioso [presente no Ocidente/Oriente] que já produziu inúmeras baixas na modernidade. Segundo Karen Armstrong: “[...] hoje o fundamentalismo faz parte do mundo moderno. Representa uma decepção, uma alienação, uma ansiedade, uma raiva generalizada, que nenhum governo pode ignorar sem correr risco.”

***

Parte da mídia tradicional brasileira está inapropriadamente produzindo analogia absurda entre o ataque fundamentalista ao Jornal francês e a liberdade de imprensa no Brasil. Impostura ética, pois Charlie Hebdo é imprensa que atua abrindo campo de liberdade, muito diferente da mídia tradicional brasileira que historicamente posta-se fechando o campo daquilo que supostamente defende [a liberdade].

***

Há no humor - amiúde - a tranposição das relações de dominação vigentes na sociedade como um todo. É óbvio que a reação absurda e covarde contra o jornal francês teve motivação concreta [repulsa ao humor religioso de conteúdo islâmico], contudo, mesmo havendo a fortuna [ocasião] para a ação, ela foi despossuída de virtude, pois a força real foi desproporcional à violência simbólica causada na comunidade muçulmana. Há como explicar o porque "eles" odeiam tanto o Ocidente e suas nações-império, mas jamais podemos justificar a violência advinda do terror...

***

A característica mais marcante da pós-modernidade é - sem dúvida - o desencontro proposital com a "verdade". As redes sociais são apenas o microcosmo de um mundo descolado da própria realidade. O caso do jornal francês Charlie Hebdo é ilustrativo. No irracionalismo [niilismo] nietzschiano "o fato é único e as interpretações infinitas" perde-se as veredas que podem nos levar à verdade em nome da impotência da hiperinterpretação ad infinitum do atentado terrorista. Cada blogueiro investe forças vivias a fim de produzir trabalho morto, pois deseja apenas contribuir com sua versão do fato - jamais encontrar a verdade....

—————

Voltar


Comentários: 4 reflexões sobre o atentado em paris

Nenhum comentário foi encontrado.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!